Tradução de Laerte Lustosa

Anunciado há alguns anos, visto no encontro de fãs do a-ha em Outubro e agora finalmente disponível impresso, ‘Apparatjik World’ é uma documentação de projetos variados, apresentada em formato de livro de mesa.

PEÇA AGORA NA AMAZON

Apparatjik World

Apparatjik World
(Metamerge UN-LTD, UK)
ISBN: 978-82-999821-0-8
Livro disponível em lojas de museu selecionadas, e na Amazon

The Apparatjik Project: We are not in Kansas anymore, Dorothy!

‘Apparatjik World’ é uma jóia absoluta de livro de mesa. Bonito tanto na apresentação quanto no design, ele contém uma abundância de material fotográfico e gráfico documentando 6 anos de existência. Inclui fotos de várias performances bem como registros de bastidores, e é recheado de entrevistas irreverentes e divertidas e textos científicos aleatórios. O resultado em geral é um mix intrigante com uma alta dose de humor absurdo e fornece um relance no mundo colorido da definição desafiante de um artista.

Apparatjik World

Os fundadores passaram dias de trabalho como membros de grupos musicais famosos como o A-ha, Coldplay, & Mew, mas há aqui uma sensação de liberdade artística total e ludicidade sem remorso, sem dúvida um contraste bem-vindo aos limites criativos do sucesso no mainstream, e garantido para de alguma forma alimentar inspiração em outros empreendimentos criativos dos membros.

Apparatjik integra sem problemas o apelo pop das massas com projetos peculiares de arte, de uma maneira que é tanto desavergonhada quanto elegante. Há um sentido definido de que os protagonistas levam este projeto muito mais a sério do que são levados a crer, embora o comportamento auto depreciativo torne quase impossível penetrar um entendimento mais amplo do que o que seria exatamente.

Apparatjik World

A coletânea Apparajtik é uma grande matriz de colaboradores variando de ícones da cultura pop como Pharrell Williams e a figura cult da televisão britânica Bruce Parry – até alguns mais ecléticos como o artista visual dinamarquês Tal R ou Max Tegmark, um professor de astro física na M.I.T, Boston. Esse livro documenta tudo desde oficinas com estudantes de arte a projetos envolvendo fãs aleatórios pelo mundo, seja para convidá-los para plantar árvores em troca de música gratuita, a fazer parte ativamente dos processos de gravação de álbuns, a se apresentarem em palcos com eles no festival Roskilde, ou se exibirem nas prestigiosas Galerias Nacionais da Alemanha e da Noruega.

Apparatjik demonstra uma total indisposição em ser comercializado, mas paradoxalmente, parece sem medo de ser surpreendentemente comercial às vezes. Nas palavras do diretor do Museu Alemão, Udo Kittelmann, a razão pela qual Apparatjik é tão interessante é que eles são ‘…pop demais para serem levados a sério no campo da arte, e artístico demais para terem sucesso no mainstream’. Os Apparatjik mesmos simplesmente alertam que ‘caem entre as cadeiras, mas são felizes na queda’.

Apparatjik World

O livro Apparatjik World narra uma quantidade impressionante de trabalho feito por pessoas que achávamos que eram muito ocupadas em suas vidas cotidianas como popstars, produtores de música, e pintores para encontrar tempo e razão para fazer muito mais. Não há prefácio, orientação, ou pistas sobre a forma de abordar este livro – até mesmo a numeração das páginas desafia a razão até você descobrir que existe de fato um sistema subjacente.

Afinal, essa é a história de um coletivo solto de pessoas que esculpiram um espaço experimental para elas mesmo, fora da bolha de sua própria fama – engajar diretamente com seu público de uma forma pela qual poucos desses artistas estariam dispostos a fazer. Se você comprar este livro apenas pela rica documentação em fotos e um vislumbre voyerístico em ‘Apparatjik World’ ou para tentar decifrar uma mensagem artística mais profunda, o passeio é exclusivamente Apparatjik.

Apparatjik World

Apparatjik World

PEÇA AGORA NA AMAZON


Tags: , , , ,

Comments are closed.